A democracia da igreja, a soberania da igreja

As pessoas estavam de pé aqui fora as duas horas da tarde, para encher o Tabernáculo, antes mesmo da igreja abrir. Na manhã seguinte, as cinco horas, uma enfermeira que mora perto de mim, vindo lá de cima, disse, “Haviam pessoas aglomeradas ao redor do tabernáculo as cinco horas da manhã”. Então, e então as pessoas, quando elas entram, não tem lugares, e elas se desencorajam e vão embora. E – e então aqueles que estão de pé, e amontoados e estão espremidos nos corredores, eles sentem cãibras e tudo mais. E eu vejo mulheres aqui de pé, suando, vocês sabem, assim. E o suor saindo delas. E algum homem cede a alguma mulher o seu lugar; e então ele fica de pé até suas pernas doerem, e outra pessoa lhe dar o lugar. Vocês sabem, é lamentável, e mães com seus filhinhos doentes e assim por diante, e isto é ruim.

Mas, eu creio na autoridade suprema da congregação local. Sim, que cada igreja possa ter, escolher seu pastor, seus diáconos, seu... seja o que for. E então, desta maneira, o homem ali não tem nenhum bispo sobre si. O Espírito Santo deseja falar algo para aquela igreja, eles não tem que perguntar a ninguém se eles podem fazer isto ou fazer aquilo. É o indivíduo em contato com o Espírito Santo. Mostre-me na Bíblia, o que é maior na Bíblia do que um ancião local para uma igreja local? Isto é certo. Sim senhor, a soberania da igreja local, cada igreja em si mesma. Agora, a irmandade, isto é maravilhoso. Todas as igrejas devem estar numa irmandade como esta, juntos. mas a soberania da igreja local.

Mas, eu creio na autoridade suprema da congregação local. Sim, que cada igreja possa ter, escolher seu pastor, seus diáconos, seu… seja o que for. E então, desta maneira, o homem ali não tem nenhum bispo sobre si. O Espírito Santo deseja falar algo para aquela igreja, eles não tem que perguntar a ninguém se eles podem fazer isto ou fazer aquilo. É o indivíduo em contato com o Espírito Santo. Mostre-me na Bíblia, o que é maior na Bíblia do que um ancião local para uma igreja local? Isto é certo. Sim senhor, a soberania da igreja local, cada igreja em si mesma. Agora, a irmandade, isto é maravilhoso. Todas as igrejas devem estar numa irmandade como esta, juntos. mas a soberania da igreja local.

Então, estamos tentando eliminar isto agora construindo um Tabernáculo maior. E nós teremos um bom lugar onde as crianças, as vezes… e interrompem, como criancinhas chorando; bem, nós teremos um cômodo para isto, então as mães poderão entrar ali, e continuarem a assistir o culto, sendo transmitido diretamente para lá. E teremos salas para a escola Dominical e tudo mais, planejado exatamente da maneira que deve ser. E isto, se o Senhor permitir, acontecerá na próxima semana.

Todos vocês votaram cem por cento nisto, então nós seguramos firme nisto, vêem. A igreja é soberana. O que a igreja disser, é isto. Administradores ou qualquer pessoa… Dos administradores é somente, cada um, um voto. Do pastor é simplesmente um voto. É a igreja, que – é a democracia da igreja, a soberania da igreja. A igreja, em um todo, fala. Isto é tudo. E nós gostamos disto, porque não temos bispos ou hierarquias ou supervisores ou outros para nos dizer isto, aquilo, ou aquilo outro. É o Espírito Santo na igreja, Quem fala. Eu gosto deste regulamento, e é muito bom.

E eu perguntei, “Se todos vocês queriam esperar até termos o suficiente para mudarmos o tabernáculo e construirmos uma igreja maior? Isto esteve no quadro dos diáconos e isto não poderia ser estabelecido pelos administradores. E então eles me procuraram, como supervisor geral, para vir e falar com a igreja. Então eu disse, “Agora temos dinheiro suficiente para aumentar o tamanho da igreja e deixá-la toda diferente, e tudo mais, mais do que tínhamos”. Eu disse, “Agora, podemos fazer isto imediatamente, ou economizar nosso dinheiro até obtermos o suficiente para construirmos um edifício novo, em outro lugar”.

E nós fizemos uma votação sobre isto na igreja, e foi unanimemente votado a favor de que levantássemos a igreja agora, e construíssemos uma igreja maior agora mesmo”. E permanecemos certos com isto.

E o conselho aqui nos rejeitou, disse que não podíamos fazer isto. E fomos além disto, e fomos a Indianópolis e falamos com o Estado. E então eles enviaram de volta a palavra que, “poderíamos ir em frente”; nós temos o direito de construir isto. Então a cidade não tem nada a ver com isto agora, estamos tratando com o Estado. Então temos a permissão e o empreiteiro tem a licença em sua mão agora, e eu creio que eles estão prontos para começar a qualquer momento.

Amanhã à noite, se o – se o empreiteiro disser que ele deseja começar na próxima semana, então eu simplesmente omitirei as reuniões para o… até que entremos nos Sete Selos. Então se o empreiteiro não puder começar na semana que vem, então Domingo que vem, sábado e domingo, eu terei as reuniões antes de partir.

E eu a teria neste domingo, então descobri que hoje sendo noite de comunhão, então eu suspendi isto neste Domingo. Porque, tanta gente, você não pode tomar a Ceia confortavelmente, então quando tivermos uma igreja maior poderemos.

Agora, teremos um novo presidente. O… oh, vocês sabem o que eu quero dizer, ele acabou de chegar para a família Hickerson a não muito tempo atrás. E a nossa irmã que é a pianista, poderia aproximar e nos dar o acorde no piano, “Traga-os para dentro”, se desejar, ou algum outro hino deste estilo. Este bom pequeno cavalheiro na família Hickerson, que tem sido esperado por muito tempo, chegou. Um sujeitinho muito bom, e ele com certeza é uma jóia para os Hickersons. E todos eles são jóias para nós, nós os amamos e eles são realmente nossos irmãos e irmãs. E estamos agradecidos por este pequenino ter nascido em sua família, o qual absolutamente revolucionou a família. E se eles, o pai e a mãe puderem, tragam este sujeitinho agora para ser dedicado. Agora, a Escritura diz, “Eles trouxeram até Ele crianças, meninos, para que Ele pudesse colocar Sua mão sobre eles e abençoa-los”.
Mensagem: A chave para a porta – Parágrafos: 6-14.

Faça o download da mensagem completa: A CHAVE PARA A PORTA

Esta entrada foi publicada em Igreja e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.