A maneira como as pessoas procuram a Deus nem sempre está correta

Procuram a Deus com uma fé intelectual, quando deveriam ter fé genuína recebida de Deus

Muitas pessoas me procuram, muitas vezes na fila de oração, e de pé ali dizem: “Oh, Irmão Branham, eu tenho bastante fé. Eu tenho fé como a de mover montanhas”.E, todavia, não têm fé nenhuma. Mal têm suficiente fé para chegar até à plataforma. Porém estão conscientes de uma coisa, que eles crêem. Eles estão crendo intelectualmente com a mente dele. E a mente deles nunca os levará a Deus. Suas mentes são arrazoamentos. E Deus não tem arrazoamentos.

Se você puder arrazoar, sua mente lhe dirá: “Agora olhe aqui, o médico diz que eu não posso me recuperar disso. É impossível”.

Procurar a Deus com Fé de acordo com a Palavra

Agora, o médico, com seu intelecto, com sua inteligência, com seu conhecimento da ciência médica, ele lhe disse segundo o melhor do alcance de sua mente. E você toma em sua mente, e usando a mesma coisa que o médico lhe disse, você… Deus nunca poderá tocar essa linha, enquanto você arrazoa. Porém vamos renunciar o arrazoamento. Deus de modo algum nos fez para vivermos através de nosso intelecto. Nós vivemos através do Espírito Santo que está em nossa alma, que diz “não” para qualquer arrazoamento que é contrário à Palavra de Deus.

Quando a Palavra de Deus diz que é, não há nada no mundo que A impeça. Então quando você faz isso, você está chegando ao lado direito de Deus. Você está chegando até que possa pedir o que quiser, e lhe será dado, porque não há nada ali no meio. Não há razão. Vamos expulsar esses arrazoamentos. Eles atrapalham você. Tire a sua mente da frente. E não diga o que você arrazoa, o que você vê, o que você pensa. Diga o que Deus diz ser a Verdade. E isso pode somente vir do lado de dentro, do coração, não dos intelectos.

É aí onde tantas pessoas, hoje, vão ficar tão terrivelmente decepcionadas no Dia do Juízo. Saber que eles têm vivido dentro da igreja, saber que eles têm feito boas obras, saber que eles têm tratado bem seu próximo, saber que eles têm sido fiéis às pessoas, fiéis à igreja; e em suas mentes têm crido nisso, Jesus Cristo o Filho de Deus, e serem condenadas no Dia do Juízo.

Jesus disse: “Muitos são chamados e poucos são escolhidos. Estreita é a porta e apertado o caminho que conduz à Vida, e, porém poucos haverão que a encontrem”.
Mensagem: O som incerto – Parágrafos: 71 ao 76

Agora Ele colocou na igreja, para colocar a igreja em linha com a Palavra, o que? Apóstolos, profetas, mestres, pastores, evangelistas, ofícios da igreja. Enviados de Deus, homens inspirados para conservarem a igreja em ordem. Agora, o que é isto? Dons do Espírito na igreja. Não um grupo de fanáticos, mas verdadeiramente dons do Espírito na Igreja. Isto é correto, conservando a igreja. Se uma verdadeira igreja fosse ordenada por Deus, realmente cheia do Espírito Santo, se aparecesse pecado na igreja, seria outra vez como Ananias e Safira. Quando uma verdadeira igreja… Eu gostaria de falar sobre uma, ver todas as mulheres e homens sob o Poder do Espírito Santo. Se alguém tivesse feito algo errado, o Espírito Santo levantaria e revelaria aquilo. Eles teriam que se limpar. Estes são os dons do Espírito na igreja. Ó Deus, envia-nos uma igreja como aquela, mande-nos uma como aquela. Crê você nisto? Cristo, está Ele morto? Ele está vivo.

Uma geração adúltera procurando sinais de Deus

Como era Ele? Ele disse para a mulher… Ele disse, quando um Fariseu Lhe perguntou a respeito de um sinal, Ele disse, “Vocês, geração adúltera, vocês procuram por sinais”. Não é isto certo? Ímpia e adúltera! Ele disse, “Eles receberão isto. Eles receberão o sinal, aquele ímpio e adúltero”. Quando houve uma geração mais ímpia e adúltera do que a de agora? Quando houve mais pecado? Nós temos muito mais pessoas na terra agora, eles nos dizem, tantas pessoas na terra agora mesmo que tem estado na terra desde Adão, estão na terra agora mesmo. Esta é a geração ímpia e adúltera. Homossexuais, perversões, tudo mais, em um crescimento de milhares e milhares. Igrejas caindo, “Impetuosos, obstinados, mais amantes de prazeres do que amantes de Deus, perturbadores da paz, falsos acusadores, sensuais, desprezadores dos que são bons, tendo forma de piedade”, como o Espírito disse, “e negando o Poder de sua eficácia. Dos tais afastai-vos!” Vêem? A Bíblia diz, “Dos tais afastai-vos”. Estamos vivendo nestes dias.
Mensagem: Perseverança – Parágrafos: 240 e 241

Deus maneja um meio para trazer o homem á Sua Presença, então eles fazem a sua decisão. Alguns deles correm d’ Ele, alguns correm para Ele. Se eles são predestinados para Vida, eles crêem n’Isto, eles agarram-se a isto. Se eles não são, eles procuram fugir e dizer, “Nada há n’ Isto”. Vê? E esse é o sujeito que está perdido. O sujeito que confessa o seu pecado, terá perdão. Se você esconde o seu pecado, você não prosperará”. Não.
Mensagem: Em sua presença – Parágrafo: 70

A diferença de ter conhecimento da Palavra de Deus e de ter uma experiência

Agora, em minha vida tenho visto a cristãos levantando-se e caindo. Isto sempre me deu o que pensar. E sem pregar este texto nas outras igrejas a que tenho ido, tenho crido ser mais conveniente trazê-lo à minha gente daqui do Tabernáculo: Por que as pessoas são cirandadas?

Você encontra a essas pessoas que parecem ser muito religiosas, parecem ter um desejo profundo, e diariamente buscam, e procuram, e aspiram por Deus, e nunca se fixam, de modo algum, onde possam estar estabelecidos ou ancorados em Cristo. E isto eu tenho aprendido, por experiência, que são pessoas de intelecto.

Agora falando isto, há dois tipos diferentes de cristãos. Parece estranho, porém não direi dois tipos diferentes; eu diria duas fases diferentes seria uma palavra melhor para se usar – não dois tipos, duas fases; o mesmo cristianismo, porém com duas fases diferentes. Uma delas é uma concepção mental ou intelectual do que Deus tem dito em Sua Palavra e de Jesus Cristo, mediante o conhecimento. E a outra é uma experiência experimentada que Deus tem dado ao coração do homem.

A intelectual é faminta. Se deleita em Deus, mas seu deleite não se arraiga. A outra parece ter vitórias contínuas. Nada que lhe incomoda. Estão sólidos e tão ancorados quanto possível. Nem as provas, nem as tormentas lhes alteram. Antes eles parecem ter algo a seu redor que a gente que é cristã e trata de viver para Deus, admira a esse tipo de cristão. E eu tenho me perguntado: “Senhor, que é o que esta gente tem que os outros tratam de obter e parece que falham em conseguir?”

E eu sei que essa é a grande pergunta em todos os corações, daqueles que servem a Cristo. E eu nunca vi uma pessoa que alguma vez veio a Ele que não haja… Depois, a vida nunca mais parece correta para eles de modo algum, se eles alguma vez se afastam de Cristo.
Mensagem: Véu a dentro – Parágrafos: 77 ao 81

Esta entrada foi publicada em e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.