A ordem da igreja

A próxima é: Irmão Branham, com respeito à ordem na igreja, temos tratado de ir conforme a forma que entendemos as ordens dadas na dedicação da igreja nova, e ao faze-lo assim, alguns se tem aborrecido e se foram da igreja e outros não prestam atenção a nada que dizemos, especiamente os meninos. Temos falado aos pais com respeito aos filhos e eles não cuidam. Agora, temos entendido mal ou o estamos levando a cabo na forma errada? Obrigado.
Agora, deixe-me responder isso à medida que sai. “Com respeito a ordem da igreja, temos tratado de ir conforme a forma que temos entendido – dadas na dedicação da igreja nova.

William Marrion BranhamAgora, isso é correto. Estão fazendo bem. Agora, creio que isso deve ser os diáconos, porque está aqui mesmo no trabalho dos diáconos. Bem. “E ao fazer assim, a miúde as pessoas se tem aborrecido conosco”. Tem se aborrecido comigo também. Se aborrecerão com qualquer um. Há algo nessa pessoa que se aborrece. Não estão bem com Deus, porque o Espírito de Cristo se sujeita ao ensinamento de Cristo, à Casa de Cristo, à Ordem de Cristo. Vêem. E qualquer homem, pessoa ou menino que se aborrece com um diácono piedoso que lhes corrige ou qualquer pai que se aborrece com o diácono; realmente queremos a todos que possamos conseguir nesta igreja, mas se isso causa problema em algum outro lugar há algo estranho fermentando-se como acostumávamos dizer. Essa pessoa não está bem.
Se eles se vão se pode fazer uma coisa, deixe que se vão e ore por eles. Vêem. Talvez alguns dos diáconos vão à igreja, ou alguma vez vão à casa e inteire-se porque se foram. E lhes pergunta o que houve de mal. E logo, trate de reconcilia-los, se pode. E se não pode, leve duas ou três testemunhas que possam entender. Se não entendem, então se diz diante da igreja, se são membros daqui da igreja.

Mas, se não são membros da igreja, por certo que não são membros desta congregação, já que tem sido ensinados a obedecer. Vêem. Eles tem que escutar nossa ordem aqui, porque esta é a Ordem da Igreja. Estas são coisas que não nos agrada fazer. Coisas que não me agrada fazer, porém que devem ser feitas. Me dou a conhecer nesta fita e lhes digo se feitas. Me dou a conhecer nesta fita e lhes digo que sou eu. Eles me podem ouvir falando e sabem que sou eu. Não vocês; vocês me fizeram estas perguntas e eu lhes dou o melhor que sei da Palavra de Deus.

Agora, se estas pessoas se aborrecem e se vão de vocês, que diz a Escritura acerca disso irmão Branham?
“Saíram de nós porque não eram dos nossos” (I João 2:19). Isso conclui. Deixaram a igreja. Isso foi o que fizeram. Bem.
“Outros não prestam atenção a nada do que dizemos, especialmente os meninos”.
Os meninos devem conhecer diferente. Eles devem receber no lar, porém ainda que sejam os meus, meus filhos vem aqui e fazem desordem, eu não quero que vocês lhes batam, Sara, Rebeca, José, Billy ou que for. Vocês me digam e eu me ocuparei do assunto. Se não se podem portar bem, então ficarão fora da igreja até que aprendam a se portarem bem. Isto não é um circo, esta é a casa de Deus. Este não é um lugar para jogar, patinar, escrever notas, rir ou fazer das suas. Esta é a casa de Deus, deve se dirigir corretamente.

Você vem aqui para adorar, nem se quer para visitar. Isto não é um lugar de pequenique, não é um lugar de visitas, este é o lugar de visitação do Espírito Santo. Escutem ao que Ele tem que dizer, não escutar-nos mutuamente. Não vimos aqui para ter confraternidade mútua. Vimos aqui confraternizar com Cristo. Esta é casa de adoração. E os meninos devem se disciplinar, e se tem pais, deixa-os saber. Se estes pais dos meninos não escutam o que dizem os diáconos, então estes pais por si devem ser corrigidos.
“Temos falado aos pais com respeito a seus filhos e eles não cuidam”.

Se eles são membros desta igreja, então devem tomar dois ou três contigo e levem a este pai a uma reunião privada num dos escritórios. A mim não me importa quem seja, se sou eu, o irmão Neville; se é Billy Paul e seu filhinho, se é o irmão Collins e um de seus meninos ou um de vocês. Nos amamos uns aos outros, porém estamos obrigados para com Deus e Sua Palavra. Se é Doc, não importa quem seja. Devemos chamar-lhe a atenção e sermos honestos mutuamente. Como pode Deus tratar conosco se mutuamente não somos honestos? Como vamos ser honestos com Ele? Vêem?

Esta é uma ordem. Devemos preservar a Casa de Deus e se supõe que os diáconos devem saber como fazer. Vêem. E esta é a razão pela qual lhes digo que guardem essas coisas. Chame-os e se você explica aos pais e eles não prestam atenção, nem desejam ouvir-lhe; então consiga outro diácono ou a um dos administradores ou a alguma boa pessoa desta igreja e chame – reúna a toda a Junta de diáconos, diga: o irmão Jones, o irmão Hickerson, o irmão Jackson ou os que forem. Seus meninos estão se comportando mal e já o temos dito duas ou três vezes e eles não prestam atenção.

Então chame ao irmão Jones ou ao irmão que for, e diga-lhe: “Lhe amamos e és parte de nós, és um de nós. Vou lhe pôr esta gravação e escute o que o irmão Branham disse acerca disso”. Vêem. “Agora, lhe temos pedido que corrija seus filhos”. Vêem, “e eles não querem se portar bem e se você não pode conseguir que se comportem bem na igreja, deixe-os com alguém enquanto você vem à igreja, até que eles aprendam a se comportarem na casa de Deus”. Vêem. Mas isto é uma ordem, deve ser cumprida, vêem.
Mensagem: A ordem da igreja, parágrafos: 77-88.

Faça o download da mensagem completa em PDF: A ORDEM DA IGREJA

Esta entrada foi publicada em Igreja e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.