Ministério e Fé do Apostolo Paulo

Ministério missionário de Paulo

ministério do apostolo Paulo

Paulo, iniciando sua partida aqui em Timóteo outra vez, se você observar como ele começa a falar, é comovente. Agora se você observar após o quinto verso.
Quanto a mim, já estou sendo oferecido como libação, e o tempo da minha partida se aproxima. Preparando para sair de cena. (Inicio da partida, vêem, “eu tenho…bem, observe meu…”) Estou pronto, e o tempo da minha partida se aproxima.
Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.
Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.

Então ele vai adiante para dizer, “Faça tudo, faça todas estas coisas.” O que? Para ele trazer a capa. Agora começamos bem fora, e ele diz:
…Demas me abandonou…

Por que Paulo foi abandonado em seu ministério?

Teve um tempo em seu ministério quando ele era um jovem evangelista, um jovem profeta, e todos estavam ao lado dele. Mas agora observem aqui embaixo, ele diz:
…todos os homens me abandonaram… (Por que? A Palavra).

Quando Jesus, o jovem Profeta da Galiléia, Ele chegou a um tempo que Ele foi abandonado. Todos os homens que ficam com a Palavra de Deus chegam àquele lugar onde eles são abandonados pelo mundo e o mundo religioso. Jesus alimentou cinco mil, um dia, e eles apanharam cestas cheias de – de fragmentos tirados de cinco pães e dois peixes. E no dia seguinte, creio eu que foi, Ele começou a descer com a Palavra, e todos eles começaram a se dispersar Dele. E Ele olhou em volta para os discípulos, e disse: “Não quereis ir, também?” Mesmo os Seus setenta ministros ordenados O deixaram. E Ele disse: “Não quereis ir também?”

E então Pedro falou aquelas palavras notáveis dizendo: “Senhor, para onde iremos nós? Somente Tu tens a Vida Eterna.”

A fé de Paulo mesmo sendo abandonado

Observem. Mas o tempo vem quando a hora do abandono virá, e isto – isto tem que vir. Deve vir. E agora eu tenho vários profetas e coisas aqui para referir, para te provar que aquela hora vem. E tem chegado para mim. Não precisa tentar se esquivar disto, está aqui e você simplesmente tem que tomar isto. Eles não deslisaram para se esquivar disto, eles se firmaram e tomaram isto, e não se envergonharam do Evangelho.

Vocês observem Paulo, “Combati um bom combate. Acabei a carreira. Guardei a Fé.” Oh, aqui embaixo diz, “Lutei com bestas. E eu – eu fiquei livre da boca dos leões.” E as coisas que ele passou, Deus era bom para com ele. Mas a hora havia chegado quando ele ia partir.

Porque Demas abandonou Paulo?

Agora, vamos somente saber, por que iria um homem, um ministro, companheiro como Demas era de Paulo, deixar a Paulo?

Vocês conhecem o irmão Baxter, muitos de vocês recordam dele. Ele costumava ler isto concernente a Demas. Ele disse: “Você sabe o que eu vou fazer, irmão Branham, quando eu chegar no Céu, a primeira coisa que eu vou fazer?”
E eu disse: “O que?”

Ele disse: “Eu vou andar diretamente e encontrar onde está Demas, eu vou dar-lhe um soco tão forte quanto eu puder.” E disse: Ele vai virar e dizer, ‘Baxter, por que você fez isto?’ “Ele disse: “Por que você deixou o pobre pequeno Paulo quando todos o abandonaram?” Eu não receito aquilo, eu não creio que eles terão algumas brigas lá em cima, mas eu somente pensei a respeito do irmão Baxter ao dizer isto porque ele sentiu muita pena de Paulo.

O grande ministério apostólico de Paulo

Bem, o que havia feito Paulo? Ele havia pregado tão fiel quanto ele pôde, e o Espírito Santo estava nele. E quando ele escreveu lá concernente àquelas senhoras pregadoras e coisas, eu imagino que lá houve uma explosão. Disse: “Que a mulher se mantenha em silêncio nas igrejas, não permito que elas falem,” e ele imediatamente foi para o cárcere.

Pode você imaginar o que alguns de seus bispos disseram? “Oh, aquele rapaz lá no cárcere, que direito ele tinha escrevendo aqui a respeito de nós? Vêem? E ele tinha Timóteo, um beberrão de vinho com ele. E então aqui está ele lá em cima agora, ele está alimentando a Timóteo com vinho, e aqui está ele deitado no cárcere, e escrevendo, diz-nos que o Espírito Santo deve nos dizer o que fazer.”

Mas ele disse isto: “O que? Porventura saiu de vós a Palavra de Deus. E veio para mim somente. Se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça que a coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.” Vêem?

Vêem, a hora vem, amigos. E eu quero que as fitas vão às pessoas pela terra, para lembrar que a hora da separação tem que vir. Isto deve acontecer. Eu não sei a quanto tempo eu estou do fim, fim do meu caminho. Eu não sei. Isto depende de Deus. Eu não sei a respeito do amanhã, e quem…eu não sei o que isto detém, mas eu sei Quem o está segurando. Então aí é onde minha fé está edificada, nisto.
Mensagem pregada pelo profeta William Branham: A fase presente de meu ministério – Parágrafos: 41 ao 54.

Faça o download desta mensagem completa em PDF: A FASE PRESENTE DE MEU MINISTÉRIO

Esta entrada foi publicada em Ministério e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.