O caminho do arrependimento

A ADVERTÊNCIA DE DEUS

Lembra-te pois donde caíste, e arrepende-te e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres. Apocalipse 2:5.
Deus lhes diz para recordarem. Claro está que algo lhes tinha fugido da mente. Haviam se esquecido de algo. Ele lhes disse que voltassem em suas mentes ao ponto de origem. A origem da primeira era foi Pentecostal, porém eles haviam caído desse nível. Haviam se esquecido da glória e da maravilha disso. Era tempo de voltar na mente e depois na realidade. Voltar aonde podiam dizer: “Porque para mim o viver é Cristo”. Voltar à pureza como quando trataram com Ananias e Safira. Voltar à porta Formosa. Oh, que infâmia é desviar-se do caminho de Deus e apoiar aqueles atos que desonram Seu Nome! Todo aquele que invocar Seu Nome, aparte-se da iniquidade e mantenha seu vaso puro para Deus. Observe o que você era antes em seu coração, e em sua mente, e em sua vida. Então volte a isso.

E qual é a maneira de voltar? O caminho a seguir é o caminho do arrependimento. Se um pecador tem que vir a Deus pelo caminho do arrependimento, então o cristianismo morno ou o que tem apostatado terá que se arrepender muito mais. Arrependam-se! Produzi pois frutos dígnos de arrependimento. Prove-o por meio de sua vida. “Se não arrependeres”, Deus disse, “virei a ti e removerei o teu candeeiro”. Certamente. Um igreja nessa condição não pode dar luz ao mundo. Sua luz tem se tornado em trevas. Então Deus tirará seu mensageiro fiel e seus pastores fiéis e os deixará a si mesmos, e eles continuarão falando acerca de cristianismo, mas destituídos dele.

Arrependam-se rapidamente! Não hesitem! Claro está que Éfeso hesitou, porque seu tempo de vida não foi muito longo. A glória de Deus diminuiu rapidamente. Não tardou muito tempo para que a cidade ficasse convertida em ruínas. Seu templo glorioso chegou a ser uma massa informe. A terra chegou a ser um pântano habitado por aves dos charcos; a população tinha ido embora exceto alguns incrédulos numa vila imunda. Não tinha ficado um crente. A lâmpada tinha sido arrancada de seu lugar.

Agora, isto não quer dizer que ela não podia ter se arrependido. Não quer dizer que não possamos nos arrepender. Nós podemos. Mas tem de ser logo. Deve ser um coração verdadeiro clamando a Deus em tristeza, então Deus restaurará. A glória virá de novo.
Mensagem: As sete eras da igreja – A era da igreja de Éfeso – Parágrafos: 72 ao 75

Esta entrada foi publicada em A Palavra de Deus e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.