O pirata que encontrou algo maior do que aquilo que o atormentava

Eles dizem que havia uma ilha onde os homens faziam uma emboscada, e as mulheres ficavam cantando. E suas musicas eram tão atormentadoras, que quando os marinheiros passavam, em seus navios, eles chegavam e então os soldados na emboscada, apanhavam os marinheiros fora de proteção, e os matava. E um determinado grande homem queria passar. E ele pediu aos seus marinheiros que o amarrassem no poste do mastro, e – e – e que colocassem algo em sua boca, para que ele não pudesse gritar; e ele colocou tampões nos ouvidos de seus marinheiros, para que eles não ouvissem e velejassem não ouvindo aquilo. E as mulheres vieram dançando e – e gritando e cantando. E, oh, isto era tão magnífico que ele chegou a esfolar a pele de seu pulso, gritando para que os seus marinheiros, “Virem! Virem!” Mas eles não podiam ouvi-lo, eles tinham tampões em seus ouvidos.

Então eles velejaram a um determinado lugar onde eles tinha que tirar a máscara dele, ou melhor, desatarem suas mãos, e ele iria tirar os tampões de seus ouvidos. E ali, quando andavam pelas ruas, ele ouviu um músico que era tão superior àquilo lá embaixo, que quando ele passou outra vez, eles disseram, “Oh, grande pirata, devemos nós te amarrar no poste do mastro outra vez?”

Ele disse, “Não, simplesmente me deixem livre. Eu ouvi algo muito maior, até ao ponto que estas coisas nunca mais me incomodarão”.

Esta é a maneira que é para um Cristão nascido de novo. Ele encontrou algo bem maior do que rock-and-roll e as diversões deste mundo. Eles são entretidos pelo Espírito Santo. E Isto é muito maior até ao ponto em que o mundo fica morto para eles.
Mensagem: Sem dinheiro ou sem preço – Parágrafos: 34 ao 37

Esta entrada foi publicada em Alimento espiritual. Adicione o link permanente aos seus favoritos.