O profeta William Branham

Conheça o profeta William Branham

Deus enviaria um profeta para o dia de hoje? Será que Deus ainda revela a Sua Palavra aos profetas? Há ainda sinais sobrenaturais? Será que Deus enviaria um profeta para o mundo moderno? A resposta é mais definida, “Sim”.

O que Deus prometeu em Sua Palavra sempre terá que ser cumprido, pois Ele é Deus e não muda em sua maneira de agir, veja o que diz em Amós 3.7:

Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.

Ele também se importou pelo Seu povo eleito nos dias da destruição do Egito. Eles estavam ali embaixo no Egito e se tornaram escravos. Nos dias de Moisés, Ele se importou pelo povo. Ele lhes enviou o que? Um profeta, outra vez. Não é isto certo? e Ele separou o Seu povo do mundo incrédulo, da chegada do julgamento do dia. Ele fez isto? Ele cuidou quando o Egito havia acumulado seus pecados de tal forma até que Deus teve que mandar o julgamento, porque Ele já havia dito para Abraão, “E eu tratarei com aquela nação”. Então em vez de derramar toda Sua ira sobre todos eles, Ele enviou o Seu cuidado para eles. Ele enviou o Seu Consolador para eles. Ele enviou a Sua Palavra para eles. E Ele sempre envia a Sua Palavra através de Seu profeta, como Ele fez no tempo de Noé. Ele fez a mesma coisa nos dias de Noé.

Um mensageiro para o tempo do fim

Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR;
E ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição. – Malaquias capítulo 4, versículos 5-6.

E aqui então o tempo do Fim. O brilho da luz vermelha da Vinda do Senhor está à mão. Sim, senhor. Escutem! A Mensagem do tempo do fim, encontra as condições do tempo do fim. Onde eles tem caído, ali é onde a Mensagem tem que restaurar. Sempre, a Mensagem do Tempo do Fim encontra condições do tempo do fim, através das Escrituras. E terá que faze-lo esta vez também: Uma chamada pra regressar à Palavra Original. Oh, Senhor! Como outros mensageiros fizeram em seus dias, esta mensagem terá que ser a mesma coisa. Temos prometido aquilo! Deus o prometeu em Sua Palavra! Malaquias 4: Ele disse que passaria isso, “E restauraria a fé dos filhos aos pais”. Ele o prometeu e estamos vivendo nesse dia!

Como posso saber se um profeta é verdadeiro?

E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou?
Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele. - Deuteronômio Capítulo 18, versículos 21-22. 

A Palavra de Deus é pregada

William Branham é o profeta de Deus para o dia em que vivemos

Agora, espere um momento, temos que provar isto pelas Escrituras. Se não é Escriturístico, então não é bom.

Como você vai saber se é a Luz do entardecer ou não? Prove-a com a Palavra (não somente com uma Palavra, toda a Palavra junta), veja se está correta ou não. Oh, em que é que está?

Então se esta mensagem leva a vindicação de Deus fazendo o que Ele disse que faria, isto está alinhado com a Palavra, então a Palavra é vindicada como em outros tempos e outros profetas fizeram.

 Como foi com Paulo que veio com uma revelação completa aos gentios, e Deus deu testemunho com diversos sinais, milagres, maravilhas e dons do Espírito Santo; assim também Deus tem vindicado ao irmão William Branham, porque as visões não têm falhado nenhuma só vez; nem tão pouco tem havido ocasião quando ele haja dito: “Assim Diz o Senhor” que não haja tido cumprimento.

Talvez nos censure pelo seguinte, porém é necessário dizê-lo: Há mui poucas provas escriturísticas na Bíblia para vindicar o ministério de revelação de Paulo. Não tinha muitas provas fenomenais da parte de Deus acerca da revelação completa que ele professava ter, contudo, ninguém duvida, nem deve duvidar da autenticidade, tanto do homem como de sua revelação. E hoje, este homem, William Branham, tem tido literalmente milhares de vindicações manifestas da parte de Deus, e sua vida contém todos os fatores que formam o ofício de profeta, portanto é mister que seja recebido como o que é; ele deve ser recebido pelo que é. O “Assim Diz o Senhor” na boca do irmão Branham, não é em nada diferente do “Assim Diz o Senhor” na boca de Paulo, porque é o mesmo Espírito Santo falando.

De 17 a 24 de Março de 1963, este homem recebeu por revelação direta de Deus e através da Voz que lhe falou da Coluna de Fogo, a perfeita e exata interpretação dos Sete Selos. Estas mensagens foram pregadas de 17 a 24 de Março de 1963 e estão em fitas gravadas e também em forma de livros.

A Voz que lhe falou explicando-lhe o conteúdo dos Selos, foi a mesma Voz que deu a João o amado, a revelação original em forma de símbolos. Se há alguém que negue a visão ou a considere falsa, nós só poderíamos perguntar-lhe: “Que prova quer você para saber que um homem é profeta?” Você não pode ir além dos requisitos que as Escrituras estabelecem. É Ela a que estabelece os requisitos de um verdadeiro profeta. Então, todos estão cumpridos, não resta nada. Se você quer um sinal pessoal, peça-o; isto só prova que a mesma incredulidade que existiu ontem, existe hoje, porque enquanto os eleitos receberam a Cristo baseados no sinal de discernir os corações dos homens, os fariseus cegos o repudiaram e pediram outro. Mais tarde, depois de lhe haver crucificado, eles segaram tudo o que haviam semeado; receberam horrenda recompensa de Deus quando Tito destruiu a cidade com tão tremenda crueldade, que o sangue corria pelas valas das ruas, enquanto as cruzes dos que foram condenados, enchiam a paisagem. “Aquele que vos rejeita, a mim me rejeita”, ainda segue sendo a Palavra do Todo Poderoso.

As poderosas experiências na vida do irmão William Branham, são muito numerosas e bíblicas para ignorá-las. Tomemos por exemplo, quando ele estava batizando no rio Ohio, onde mais de 4.000 pessoas viram a Coluna de Fogo descer, Uma Voz saiu daquela nuvem e falou dizendo-lhe:

“Como João Batista foi o precursor da Primeira Vinda de Cristo, assim tua mensagem será a precursora da Segunda Vinda de Cristo”.

Compare isto com João quando batizava no Jordão. João era o profeta; a Palavra sempre vem ao profeta. Ali Cristo, a Palavra, veio manifestado em carne. O precursor e o Rei se encontraram cara a cara. Quando Cristo foi manifestado, então João teve que diminuir. Pense agora, no tempo quando este profeta estava batizando no rio Ohio no ano de 1933; ele era um profeta, porém desconhecido das pessoas como tal. Agora, a mesma Palavra volta outra vez ao profeta, porque a Palavra sempre vem ao profeta. A mesma luz que apareceu a Paulo e foi vista por muitos, uma vez mais apareceu e foi vista por esta grande multidão de pessoas, e assim como somente Paulo ouviu a voz, assim também somente o irmão William Branham ouviu essa voz, porém ele revelou o que a Voz lhe disse; e mui logo essa Voz regressará para levantar Sua Noiva, porque para isso é a mensagem, para preparar ao povo do tempo final. Oxalá aqueles que têm ouvidos ouçam!

Se você deseja conhecê-lo melhor faça o download e leia suas mensagens na lista abaixo, e leia os livretos: O Profeta do Século XX e De Volta a Palavra Original.

Fonte das mensagens em PDF da lista abaixo: A PALAVRA ORIGINAL

 

Esta entrada foi publicada em William Branham e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.