Que é O Espí­rito Santo?

Agora eu quero falar sobre Ele, como o Espí­rito Santo sendo um Sinal, por­que Ele é um Sinal. Nós enten­de­mos que — que todas as pro­mes­sas são dadas a nós atra­vés… Abraão foi o pai da pro­messa, por­que Deus deu a pro­messa a Abraão e à sua semente depois dele. A pro­messa foi feita a Abraão e à sua semente. E este sinal é para um povo com um pacto.

Ser cristão cheio do Espírito Santo

Que é o Espírito SantoAgora, há uma dife­rença muito grande entre um sim­ples cris­tão e um cris­tão cheio do Espí­rito Santo. Logo, vamos extrair isto da Escri­tura e situá-lo exa­ta­mente na Escri­tura. Em pri­meiro lugar, há um cris­tão que pro­fes­sou ser um cris­tão. Mas se este cris­tão ainda não tem sido cheio do Espí­rito Santo, ele ape­nas está em pro­cesso de ser um cris­tão. Vê você? Ele pro­fes­sou crer; está em ação para isso, porém Deus ainda não lhe tem dado este Espí­rito do Espí­rito Santo. Ele ainda não tem che­gado à meta com Deus, na qual Deus o reco­nhe­ceu.

Sendo chamado por Deus

Deus fez um pacto com Abraão depois que ele foi cha­mado, e este cha­ma­mento é um tipo do cha­ma­mento do crente hoje… Ele cha­mou Abraão, e Abraão saiu de seu país e foi a uma terra estra­nha morar entre um povo estran­geiro. E este foi um tipo de quando Deus chama um homem para que deixe sua impi­e­dade, e se arre­penda de seus peca­dos. Ele se des­liga do grupo no qual se encon­tra, para viver em um novo grupo, e entre um novo tipo de gente. E então Deus encon­trou a Abraão fiel à pro­messa que Deus lhe havia dado (de que teria um filho e de que atra­vés desse filho seria ben­dita toda a terra), então Deus con­fir­mou sua fé dando-lhe um sinal; e esse sinal foi a cir­cun­ci­são. E a cir­cun­ci­são é um tipo do Espí­rito Santo.

Não resista ao Espírito Santo de Deus

Isto é exa­ta­mente o que dizem os ver­sos seguin­tes do capí­tulo que aca­ba­mos de ler. Se você quer ano­tar. E o… Este­vão disse no verso 51: “Duros de cer­viz, e incir­cun­ci­sos de cora­ção e ouvi­dos, vós sem­pre resis­tis ao Espí­rito Santo: assim vós sois como vos­sos pais.”

Circuncisão pelo Espírito Santo

A cir­cun­ci­são é um tipo do Espí­rito Santo. E Deus deu a Abraão o — o sinal da cir­cun­ci­são depois que ele havia acei­tado a Deus sobre a base de Sua pro­messa e saiu para um país estra­nho. Vê você? Foi um sinal. E todos os seus filhos e sua semente depois dele deve­ria ter este sinal em sua carne, por­que isto era uma dis­tin­ção. Este sinal de cir­cun­ci­são era para separá-los de todos os outros povos. E isto é o que Deus usa hoje. O sinal da cir­cun­ci­são do cora­ção, o Espí­rito Santo, faz com que a Igreja de Deus seja uma Igreja sepa­rada de todos os demais cre­dos, con­fis­sões e deno­mi­na­ções. Eles estão em todos os tipos de deno­mi­na­ções, sem dúvida, eles são um povo sepa­rado.

Não recuse receber o Espírito Santo

Deixe-me falar com um homem por dois minu­tos; eu posso lhe dizer se ele tem rece­bido ou não o Espí­rito Santo. Assim você tam­bém pode. Isto lhes separa; é uma Marca; é um Sinal. E o Espí­rito Santo é um Sinal. E é… qual­quer menino que recu­sava ser cir­cun­ci­dado no Antigo Tes­ta­mento, o qual era uma som­bra do Espí­rito Santo, era cor­tado do meio do povo. Se recu­sava ser cir­cun­ci­dado, ele não podia ter com­pa­nhei­rismo com o resto da con­gre­ga­ção. Agora, ilus­tre­mos isto com o dia de hoje. Uma pes­soa que recusa rece­ber o Batismo no Espí­rito Santo hoje, não pode ter com­pa­nhei­rismo com aque­les que têm rece­bido o Espí­rito Santo. Você sim­ples­mente não pode fazê-lo. Você tem que ser da mesma natu­reza.

Os hábitos de quem recebe o Espírito Santo

Como, é… minha mãe cos­tu­mava dizer: “Aves da mesma plu­ma­gem sem­pre se jun­tam.” Bem, é um antigo pro­vér­bio, mas é uma ver­dade. Você não vê pom­bas e cor­vos tendo com­pa­nhei­rismo. Suas die­tas são dife­ren­tes; seus hábi­tos são dife­ren­tes; seus dese­jos são dife­ren­tes. E essa é a maneira que sucede com o mundo e com um cris­tão quando você tem sido cir­cun­ci­dado pelo Espí­rito Santo, o que sig­ni­fica cor­tar uma carne.
A cir­cun­ci­são só podia ser feita no macho. Porém se a mulher era casada com um homem ela era parte dele; ela era cir­cun­ci­dada com nele. Recorde você o que diz Timó­teo: “Nunca — porém se sal­vará gerando filhos, se per­ma­ne­cer na fé e cari­dade e san­ti­dade, com modés­tia.”

Temos que ser separados como Abraão

Agora, cir­cun­ci­são… vocês sabem quando — Sara riu detrás da tenda da men­sa­gem do Anjo, quando ele disse: “Abraão (Não sabendo quem ele era, um estra­nho), onde está tua esposa Sara?” Como sabia Ele que ele tinha uma esposa?
Como Jesus disse: “Como foi nos dias de Ló, assim será na vinda do Filho do Homem,” recorde, aque­les sinais não foram entre­gues ali a Sodoma e Gomorra no mundo reli­gi­oso, foram dados aos elei­tos, aos cha­ma­dos fora. E Abraão foi cha­mado fora. E a pala­vra igreja sig­ni­fica, “cha­mado fora, os sepa­ra­dos,” assim como Abraão se sepa­rou a si mesmo e foi cir­cun­ci­dado. Logo, quando Sara riu, da pró­pria men­sa­gem do Anjo, Deus podia havê-la matado no ato; porém Ele não podia dani­fi­car a Sara sem dani­fi­car a Abraão por­que eles eram um. Ela era parte dele. Vocês não são mais dois, mas um.

A circuncisão no coração

Então a cir­cun­ci­são, o Espí­rito Santo cir­cun­cida hoje o cora­ção; e é um sinal, um sinal dado. Alguém disse outro dia… e vou repe­tir isso, não como um gra­cejo, por­que é ver­dade; porém soa como se fosse um gra­cejo. Sem­pre tenho dito: “Este não é um lugar para pia­das.” Houve um jovem ale­mão ali na Costa do Oeste onde aca­ba­mos de estar. Ele rece­beu o Espí­rito Santo, e ele des­ceu a rua; cami­nhava um pouco e logo levan­tava as mãos e falava em lín­guas; e ele cor­ria, sal­tava e gri­tava. E em seu tra­ba­lho estava se com­por­tando desta maneira. E seu chefe lhe disse: “Onde tem estado você?” (Eu — eu gosto des­tes luga­res onde você tem estado). Ele disse: “Você deve haver estado entre aquele grupo de por­cas.”
Ele disse: “Então você crê que eles são por­cas?”
Ele disse: “Claro que são.”
Ele disse: “Pois bem, Gló­ria a Deus pelas por­cas!” E con­ti­nuou dizendo: “Sabe você uma coisa? As por­cas têm um papel muito impor­tante,” ele disse: “Por exem­plo, o auto­mó­vel. Tire você todas as por­cas dele e já não terá mais que um punhado de sucata.” Então isto é exa­ta­mente cor­reto.

O Espírito Santo te faz diferente do mundo

Você é tão dife­rente quando o Espí­rito Santo vem sobre você, até ao ponto que a mente deste mundo não gosta de você e eles ficam con­tra você, e eles não que­rem nada com você de modo algum. Você é nas­cido de outro mundo você é como um estran­geiro como — dez vezes mais estran­geiro do que se você fosse nas mais lon­gín­quas regiões das matas afri­ca­nas. Você chega a ser dife­rente quando o Espí­rito Santo vem. O Espí­rito Santo é um Sinal. Ele é uma Marca entre o povo. — Men­sa­gem: Que é O Espí­rito Santo, pará­grafo 26 ao 38.

Leia a men­sa­gem com­pleta em PDF, down­load: QUE É O ESPÍRITO SANTO?

Esta entrada foi publicada em Espírito Santo e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.