Redimidos pelo Sangue

O bebê sempre é o sangue de seu pai, nunca de sua mãe. Nós todos sabemos disso. Sem…Eu ensinarei isso aqui antes, algumas vezes, e vocês sabem que o bebê não tem nenhuma partícula do sangue da sua mãe nele, nenhum pouquinho.

Não, nada tem. Isto é sempre o sangue do macho. Uma galinha pode pôr um ovo, porém se não é fecundado, nunca chocará. Não importa quão bonito seja o ovo, e quão bem ela o aqueça, ele sempre será infértil. Ficará aí mesmo e apodrecerá, isso é certo, a não ser que a ave macho tenha estado com a ave fêmea, e o germe da vida venha do macho.

Portanto, quando Maria, “não conhecendo nenhum varão,” ela esteve com o Macho, Deus, o Jeová Todo-Poderoso, e Ele lhe fez sombra, e Deus é o Criador que criou a célula de Sangue no ventre de Maria, “não conhecendo nenhum varão de modo algum.” E isso produziu o mesmo Sangue criativo de Deus, para nos redimir da nossa vida que entra aqui nascida por desejo sexual.

E logo aquele Sangue foi derramado das veias de Emanuel, na Cruz do Calvário, e hoje tem o mesmo poder salvador, redentor, santo que teve no dia que a transfusão foi feita no Calvário. Vocês crêem nisto? [A congregação diz: “Amém.” – Ed.] Amém! Agora, isso é correto, nós somos redimidos pelo Sangue de Deus. A Bíblia diz: “Nós somos comprados pelo Sangue e redimidos pelo Sangue, o Sangue do Próprio Deus.”

Como isto foi o Sangue de Deus? Deus não tem sangue. Como poderia sê-lo? Porque foi o Sangue criativo de Deus que Ele criou, para nos redimir, e veio e morou naquele mesmo corpo que Ele criou.

Portanto Ele não podia…Deus tinha que sofrer tentação; Ele não podia sofrer tentação. Ele tinha que sofrer a tentação sexual. Ele tinha que sofrer todo o tipo de tentação, ser tentado pelo diabo, em riquezas e poderes e – e domínios, e assim por diante. Ele tinha que sofrer tudo isso. E para fazê-lo, Ele não podia estar como Deus em Espírito, Ele tinha que ser Deus em carne.

Agora eu estou falando esta manhã sobre a Deidade de Cristo, de modo que vocês saibam Quem é que nós estamos adorando hoje. Não um bebê numa manjedoura, ou nenhum Papai Noel, porém nós estamos adorando o Deus Todo-Poderoso, na Deidade de Seu Filho.

William Branham - ReavivamentoE Observem então, aquele Sangue desceu e era…e era Cristo Jesus. E o Próprio Deus, vindo de Espírito, entrou em Cristo Jesus. E a Bíblia disse que “Deus estava em Cristo, reconciliando Consigo o mundo.” E isso é certo? [A congregação diz: “Isso é certo.” – Ed.] O Próprio Deus, Jeová, morou em Cristo e foi feito um Parente nosso, porque Ele nasceu em carne humana como nós somos. É isso certo? [“Amém.”] As células de Sangue foram desenvolvidas por Deus, e as – as células de carne foram desenvolvidas no ventre de Maria, que deu à luz o Filho. E Deus desceu e viveu em carne humana, e foi tentado em todas as maneiras exatamente como nós somos. Vocês crêem nisso? [“Amém.”] Muito bem.

Agora, então quando Ele fez isso, Ele deu o Seu Sangue livremente. Ele não tinha que fazê-lo. Ele fez esse sacrifício. Ele poderia ter seguido para cima para a Glória. Ele poderia ter sido transfigurado como Ele foi no Monte da Transfiguração, seguido para o Céu e nunca morrido por nós. Porém por estar disposto a morrer por nós, Ele deu livremente o Seu Sangue no Calvário. Isso é certo. E Ele tirou…Ele foi um Homem de dores, experimentado em trabalhos, e Ele deu um testemunho público.

No Ru-…Livro de Rute, está um quadro muito bonito ali, de como Boaz, tipo de Cristo, de como Rute atravessou para um país estranho, como uma apostata, saiu da terra, e trouxe de volta com ela…Eu quero dizer Noemi, e trouxe de volta Rute. E quando Rute voltou, ela estava um…e do país de Moabe. E quando ela voltou, ela era uma moabita; absolutamente um quadro da Noiva gentia, da Igreja.

E quando ela foi se despedir de Noemi, Noemi lhe disse, disse, beijou-a e lhe disse que voltasse ao seu povo. Ela disse: “Eu irei contigo ao teu povo. Que o teu povo seja o meu povo, que a tua habitação seja a minha habitação, que o teu Deus seja o meu Deus, e nada, a não ser a morte, nos separará. Onde tu morreres, morrerei eu. Onde tu fores sepultada, eu serei sepultada.”

Agora, eis um quadro da Igreja gentia entrando em Cristo. Porque, uma vez nós éramos estranhos, longe de Deus, somente os judeus eram – eram os únicos a serem salvos. Porém nós, estando mortos em Cristo, aceitamos a Semente de Abraão e somos herdeiros de acordo com a promessa, e Cristo obteve uma Noiva gentia. Isso é exatamente correto.

Agora, para poder redimir, Boaz para redimir a herdade perdida de Noemi; essa foi a condição apostatada de Israel. Então Moabe – Moabe tinha que sair, e quando ele saiu…Boaz, melhor dizendo, e quando ele saiu, ele tinha que descalçar o seu sapato perante as portas, perante os anciãos, para dar um testemunho público que ele tinha redimido aquela mulher perdida em sua herdade. E ao fazer isso, então ele comprou de novo, também, ele obteve aí a sua noiva, a mulher que ele – que ele estava procurando. Ele tinha que redimir a mulher primeiro, a fim de ter a Noiva. Vocês não vêem?

E isso é a mesma coisa que Cristo fez. Ele deu um testemunho público às portas de Jerusalém, quando Ele foi moído castigado, afligido, Ele foi levado até o Calvário, para o Cal-…chamada a colina do Gólgota. E banhou a colina com o Seu Próprio Sangue, como um testemunho público que Ele tinha redimido toda a herdade perdida desde lá atrás no princípio, e tem redimido o Seu povo da maldição do pecado e das garras do inferno.

E sabendo que ela precisaria de algo mais nos últimos dias, do que ela tem agora, Ele disse: “Não vos deixarei órfãos. Eu rogarei ao Pai e Ele vos dará outro consolador, o qual é o Espírito Santo. Ele habituará convosco para sempre. Um pouco, e o mundo não Me verá mais, mas Eu vou subir ao Céu e ter este negócio preparado, e Eu voltarei e estarei convosco, ainda dentro de vós, até o fim da era.” Isso é do que eu estou falando. Vocês ainda estão me ouvindo? Digam: “Amém.” [A congregação diz: “Amém.” – Ed.] Isso é certo. Isso é do que eu estou falando agora, é Ele voltando novamente em Seu poder.
Mensagem pregada pelo profeta William Branham – A deidade de Jesus Cristo – Parágrafos: 56-69.

Para obter a mensagem completa, clique no link ao lado: A DEIDADE DE JESUS CRISTO

Esta entrada foi publicada em Salvação e segurança e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.